12 de Junho de 2013
Por José Manuel Costa

* Texto publicado originalmente no Imagens de Marca

 

É preciso reinventar as associações de estudantes do ensino básico e secundário, entidades que foram perdendo motivação e raio de acção nos últimos anos – última década e meia – e que podem ser importantes laboratórios de inovação e experiências profissionais para os jovens dos 13 aos 17 anos – sobretudo estes.

Numa altura em que se fala apenas de cortes, o IPDJ (Instituto Português do Desporto e da Juventude) aumentou em 7% as verbas para a criação de novas associações juvenis e estudantis, uma prova bem clara da estratégia do Governo para esta faixa etária: dar ferramentas aos jovens para que estes sejam empreendedores, desenvolvam projectos na área do ambiente – e outras – e assumam as suas responsabilidades.

Esta é a base de trabalho do Projeto 80, uma iniciativa da GCI e de várias entidades governamentais e não-governamentais, que foi apresentada em Dezembro e está agora no terreno: as escolas.

O roadshow arrancou a 29 de Abril e já passou por Lisboa, Setúbal, Santarém, Coimbra e Aveiro. Vai estar ainda no Porto, Braga, Viana do Castelo, Vila Real e Bragança, na próxima semana, e continuará pelas escolas do País até 27 de Maio.

Para além de toda a sequência motivacional do projecto – que inclui um concurso e culmina com o prémio Iniciativa Jovem, do Green Project Awards – há aqui uma base de trabalho muito interessante e que dará aos jovens uma outra perspectiva do que pode ser o seu futuro.

Não sou eu que tenho de falar no trabalho da GCI, porque a lidero, mas creio que este é o tipo de projectos que as consultoras de Public Relations devem desenvolver. Qualquer que seja o modelo de negócio envolvido.

Ideias não nos faltam – tempo para as colocarmos em marcha sim, por vezes – e continuaremos a trabalhar em projectos que sejam relevantes e diferenciadores na sociedade portuguesa.

A menor pujança financeira dos tempos que vivemos não pode ser desculpa para a inacção e inércia. Os desafios são tremendos, cada vez maiores, mas só chegaremos a 2015/2016 com uma sociedade coesa se todos fizermos o nosso papel.

Esta é, também, uma oportunidade para as consultores de PR subirem na pirâmide de construção de valor do sector do marketing. Há anos que reclamamos o novo verdadeiro papel – não podemos desperdiçar esta oportunidade.


| ... e mais assim! | partilhar

Perfil
Pesquisa
 
Artigos recentes

Confiança – um longo cami...

Os projectos que derrotam...

Nutrition Awards: renovaç...

GPA Brasil: nova edição a...

Portugal, Brasil e as par...

Integração

Expansão lusófona

Economia Verde: o novo pr...

Cooperação brasileira

Dan Edelman (1920-2013)

Ligações
Arquivo

Janeiro 2015

Junho 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Categorias

todas as tags

Subscrever feeds