30 de Setembro de 2009
Por José Manuel Costa

 

Para quem já foi dado como morto várias vezes – houve inclusive uma festa de encerramento da mítica fábrica de Enschede – o ainda incógnito regresso dos filmes instantâneos da Polaroid seria um dos momentos mais marcantes de 2010. Por alguma razão os investidores da “nova” Polaroid chamam-lhe o The Impossible Project.

 

O início do fim – do início – dos filmes instantâneos data de Junho passado, quando a última fábrica da Polaroid, em Enschede, Holanda, fechou as portas e a tecnologia foi descontinuada. Mas quando os direitos da patente dos filmes instantâneos Polaroid foram adquiridos pela empresa Impossible, que juntou ex-directores e investidores, os que, como eu, são fãs da mítica Polaroid, começaram a ter razões para sorrir outra vez.

 

Segundo os responsáveis da Impossible, o actual stock de filmes instantâneos deverá acabar entre este e o próximo ano – pelo que será preciso, mais rápido que nunca, refazer a tecnologia para que este seja eficiente, ecológica e acessível às bolsas dos consumidores, já habituadas ao filme digital.

 

“A missão da Impossible não é reconstruir o filme integral Polaroid mas, com a ajuda de parceiros estratégicos, desenvolver um novo produto com novas características, com novos componentes optimizados e modernos. Ou seja, um material analógico novo e inovador, vendido sob uma nova marca”, pode ler-se no site The Impossible Project.

 

O desafio, de facto, é monumental. O site do The Impossible Project tem um relógio que indica, segundo a segundo, quanto tempo falta para que os primeiros dos “novos” filmes estejam, se tudo correr bem, no mercado. Vela a pena ver aqui.

 

Como parte do meu percurso na área da consultoria de comunicação se faz, também, de projectos quase impossíveis, estou com a nova Polaroid. Espero que sejam bem sucedidos.


| ... e mais assim! | partilhar

Perfil
Pesquisa
 
Artigos recentes

Confiança – um longo cami...

Os projectos que derrotam...

Nutrition Awards: renovaç...

GPA Brasil: nova edição a...

Portugal, Brasil e as par...

Integração

Expansão lusófona

Economia Verde: o novo pr...

Cooperação brasileira

Dan Edelman (1920-2013)

Ligações
Arquivo

Janeiro 2015

Junho 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Categorias

todas as tags

Subscrever feeds