15 de Fevereiro de 2010
Por José Manuel Costa

Em Dezembro, e para comemorar os 20 anos da certificação em Portugal, a APCER convidou José Gil para falar sobre a confiança. O tema prometia e, durante 25 minutos, o filósofo português não deixou ninguém indiferente com o seu discurso inteligente e, sobretudo, coerente. José Gil falou de confiança, da falta dela (e do típico “queixume” português) e do que é preciso para chegar até ela.

 

Explicou José Gil que a “confiança não se cria por decreto” mas “poderá abrir e expandir o laço social, pois ela própria constitui uma força poderosa: contamina, cria empatias, vence e inveja, acorda nos outros a confiança que lhes falta”.

 

Cito o discurso de José Gil porque, há duas semanas, a Edelman apresentou a décima edição do Trust Barometer – o estudo anual sobre a confiança nas empresas, instituições e Governos.

 

O Trust, como lhe chamamos, tem-se tornado no grande barómetro mundial sobre a confiança, sobretudo depois da crise económica de 2007/2008 e consequente quebra dos índices… de confiança.

 

Tudo isto, uma vez mais, para dizer que as agências de PR (Public Relations) têm um papel importantíssimo no devolver da confiança. Somos nós que temos que estabelecer, para os nossos clientes, estratégias de liderança, convicção e consciência social.

 

A confiança pressupõe responsabilidade social mútua, que é essencial para o futuro da comunicação e do próprio negócio da empresa em questão. Os últimos dados do Good Purpose – outro estudo global da Edelman – revelam que dois terços dos consumidores estão dispostos a mudar os hábitos de consumo se isso tornar o mundo um melhor lugar.

 

Ainda segundo o Good Purpose, 55% dos consumidores espera que as marcas patrocinem boas causas e 59% diz que não basta às empresas simplesmente gastar dinheiro – elas têm que integrar boas causas no dia-a-dia do seu negócio.

 

E é aqui que está um dos grandes desafios das agências de PR: liderar através de acções que envolvam os vários stakeholders das empresas, através de conceitos inovadores de responsabilidade social ou ambiental. Consumidores, organizações, comunidades e governos. Com todos eles os nossos clientes precisam de se relacionar e comunicar – e sentir em todos eles uma confiança “confortável”.

 

Como diz José Gil, “a confiança abre o campo do futuro, abre espontaneamente o caminho para a expressão das nossas  forças criativas, para o risco saudável da inovação”.

 

PS: Sinal dos tempos: pela primeira vez em 23 anos, a Pepsi tomou o seu lugar no intervalo televisivo do Super Bowl e, anunciou mesmo, vai investir 15 milhões de euros no digital – a maior parte deles no Facebook. É preciso muita confiança para dar este passo – e a Pepsi mostrou que as grandes marcas não precisam de ter medo dos consumidores. O mundo mudou há muito, pena é que algumas empresas não o queiram ver.
 

* Texto publicado para a secção "Opiniões que marcam", do Imagens de Marca. Pode também aceder ao texto aqui.


| ... e mais assim! | partilhar

Perfil
Pesquisa
 
Artigos recentes

Confiança – um longo cami...

Os projectos que derrotam...

Nutrition Awards: renovaç...

GPA Brasil: nova edição a...

Portugal, Brasil e as par...

Integração

Expansão lusófona

Economia Verde: o novo pr...

Cooperação brasileira

Dan Edelman (1920-2013)

Ligações
Arquivo

Janeiro 2015

Junho 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Categorias

todas as tags

Subscrever feeds