26 de Fevereiro de 2010
Por José Manuel Costa

Em Setembro, o Meios & Publicidade perguntou-me porque razão deveria a sustentabilidade estar na agenda das empresas. Disse-lhes (e depois escrevi um texto neste blog) que havia três razões principais: pelo ambiente, pelos consumidores e pelo negócio e inovação.

 

Hoje vou pegar na terceira razão que então enumerei – negócio e inovação – porque ontem ficámos a saber que as camisolas que farão parte do equipamento oficial de Portugal - e do Brasil, Holanda, Estados Unidos, Coreia do Sul, Austrália, Nova Zelândia, Sérvia e Eslovénia - , no Mundial 2010, vão ser feitas a partir de garrafas de plástico recicladas.

 

Curiosamente, os equipamentos destas selecções são desenvolvidos pela Nike, precisamente uma das empresas que então referi estar a apostar na sustentabilidade para desenvolver a sua vertente de negócio e inovação.

 

Não sei se estas camisolas foram feitas a partir do projecto de design sustentável GreenXchange, mas sei que a Nike conseguiu a tripla (que, como se sabe, dá vitória certa): sustentável pelo ambiente, pelos consumidores e pelo negócio e inovação.

 

Duas outras pequenas notas. A primeira tem a ver com as camisolas. Segundo o The Guardian, as camisolas que serão postas à venda para os adeptos também serão feitas a partir de garrafas recicladas – e custando o mesmo que as “normais”, ou seja, cerca de 55 euros. Cada camisola é feita a partir de oito garrafas de plástico.

 

Ah, e ainda segundo a Nike, o próprio processo de fabrico das camisolas poupa cerca de 30% de energia em relação às ditas “normais”. Para além disso, os equipamentos terão ainda a capacidade de manter os jogadores “frescos” – se é que isso será possível - no decorrer do jogo.

 

A segunda está relacionada com o Mundial de 2010, que se vai realizar na África do Sul. É, tão somente, um dos mais mediáticos – senão o mais mediático – evento deste ano. E a sustentabilidade, como se está a ver, estará muito bem representada lá. Irá equipar nove selecções com um enorme potencial – e com milhões e milhões de consumidores.
 


| ... e mais assim! | partilhar

Perfil
Pesquisa
 
Artigos recentes

Confiança – um longo cami...

Os projectos que derrotam...

Nutrition Awards: renovaç...

GPA Brasil: nova edição a...

Portugal, Brasil e as par...

Integração

Expansão lusófona

Economia Verde: o novo pr...

Cooperação brasileira

Dan Edelman (1920-2013)

Ligações
Arquivo

Janeiro 2015

Junho 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Categorias

todas as tags

Subscrever feeds