4 de Maio de 2010
Por José Manuel Costa

Faço um "stand by" na análise – ao vivo e a cores – da Expo 2010 de Xangai para falar um pouco sobre a crescente crise de confiança que se vive em Portugal.

 

Infelizmente, o Edelman Trust Barometer Portugal, que apresentámos no início do mês passado, antecipou este cenário. Recordo que, segundo o estudo, em Portugal os níveis de confiança eram (são) globalmente baixos.

 

Empresas, media e Governo: nenhum escapou ao sentimento de “desconfiança” que se apoderou na sociedade portuguesa. Apenas as ONG conseguiram, no estudo, um resultado positivo: 52%.

 

Aliás, para termos uma ideia da importância deste estudo sobre a confiança no funcionamento, por exemplo, do sistema económico de determinado país, basta ver que países como a Irlanda, Espanha, Portugal ou Itália – a Grécia não está representada – partilham os últimos lugares no Edelman Trust Barometer em várias áreas. Reconhece-os das notícias?

 

Como sabem, o público-alvo do estudo são licenciados com rendimentos altos, consumidores habituais de informação – com destaque para a informação política e económica. São decisores, por isso não admira que a sua pouca confiança nas instituições seja bastante relevante neste estudo.

 

Como já aqui defendi, as agência de Public Relations têm o seu papel nesta crise de confiança. Temos que trabalhar com os stakeholders para mudar esta situação: sermos campeões da transparência, construir parcerias activas, aceitar a complexidade e socializar as media relations.

 

Hoje vive-se um clima instável. É preciso que cada instituição construa o seu próprio portfólio de confiança, detecte e reconheça os influenciadores de cada processo. E active-os.

 

Estou na China e todos os dias me apercebo da euforia que se vive no País. Uma euforia saudável, feita de crescimento económico e reinvenção urbanística. Um pouco à medida, bem vistas as coisas, da sua própria prestação no Edelman Trust Barometer. Não pode ser coincidência…

 

Finalmente, faço minhas as palavras de Augusto Mateus durante a apresentação do Edeman Trust Barometer Portugal: “o mundo não está fácil e em Portugal está um bocadinho mais difícil” e “não há retoma em Portugal”. São frases duras mas, vistas agora, plenas de verdade.

 

Termino este post com outra referência a Augusto Mateus, desta vez à sensação de “fim de festa” que se vive um pouco em todo o lado – e Portugal em especial. Sim, é verdade, mas esta sensação deverá ser ultrapassada – com outras já o foram anteriormente – numa nova lógica de recuperação da confiança.

 

Ou, nas palavras de Augusto Mateus, do fim do egoísmo e do fim do individualismo. Só com novos paradigmas como o do public engagement, de que tanto tenho aqui falado, podemos chegar a este “next level” empresarial, social e económico. Eu acredito que, com as políticas e as empresas certas, podemos atingi-lo em pouco tempo. Basta sermos optimistas e suficientemente inteligentes e profissionais para o fazermos.


| ... e mais assim! | partilhar

Perfil
Pesquisa
 
Artigos recentes

Confiança – um longo cami...

Os projectos que derrotam...

Nutrition Awards: renovaç...

GPA Brasil: nova edição a...

Portugal, Brasil e as par...

Integração

Expansão lusófona

Economia Verde: o novo pr...

Cooperação brasileira

Dan Edelman (1920-2013)

Ligações
Arquivo

Janeiro 2015

Junho 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Categorias

todas as tags

Subscrever feeds