7 de Julho de 2010
Por José Manuel Costa

Como tive oportunidade de referir anteontem, há uma tendência cada vez mais global, a que chamamos de Public Engagement, que representa uma das maiores oportunidades futuras da nossa indústria. E é uma tendência para a qual todos os nossos clientes e parceiros devem olhar muito a sério.

O Public Engagement, que foi trazido para a ribalta por Richard Edelman, há um par de anos, é o futuro.

E não sou apenas eu ou o Richard que o dizemos. O próprio Barack Obama renomeou recentemente o Office of Public Liaison (Gabinete de Ligação ao Público) para Office of Public Engagement.

“Na Casa Branca há um sítio onde as vozes dos americanos comuns podem ser ouvidas, o Office of Public Liaison. Mas eu acredito que este lugar pode e deve fazer mais. Quero ouvir-vos, as vossas ideias, experiências e histórias”, começa por dizer o presidente dos Estados Unidos da América.

E por isso – continua – o seu gabinete está a actualizar este departamento com uma nova missão: ser um verdadeiro Office of Public Engagement.

E o que faz este departamento? “Procura envolver o maior número possível de americanos no difícil trabalho de mudar este país, através de reuniões e conversas com grupos e indivíduos, em Washington e em todo o país… em câmaras municipais e noutros eventos, pessoalmente e online”.

No site do Office of Public Engagement, aqui, os americanos podem saber como contribuir e envolver-se nestas estratégias. “Afinal, este é o vosso Governo”, argumenta Barack Obama.

Uma das ferramentas utilizadas pelo Office of Public Engagement norte-americano para perceber o que pensam os cidadãos daquele país é o Citizens Briefing Book, que contém ideias votadas por mais de 100 mil cidadãos norte-americanos, que se deram ao trabalho de partilhar os seus pensamentos.

Neste livro incluem-se ideias sobre como melhorar o trânsito ferroviário, modernizar a estratégia energética norte-americana ou a criar um novo serviço nacional de ajuda às comunidades.

Aqui, os cidadãos norte-americanos são não apenas a voz do que se passa, dia-a-dia, naquele histórico país, mas também uma importante parte da própria solução.

“Como nação, enfrentamos desafios muito grandes. Desafios que exigem que todos nós façamos a nossa parte. O Office of Public Engagement e a Casa Branca terão sempre uma porta aberta para vós”, termina Obama.

E para que serve o Office of Public Engagement? Para tornar o Governo norte-americano “mais inclusivo, transparente, responsável”.

Ou, nas palavras do próprio Obama. “O nosso compromisso pela abertura significa mais do que simplesmente informar o povo americano acerca da forma como as decisões são tomadas. Significa reconhecer que o Governo não tem todas as respostas e que os funcionários públicos precisam de beber (e extrair ideias) daquilo que os cidadãos sabem”.

Transparência, criação de relações de credibilidade e confiança entre os diversos stakeholders, através da implementação de ferramentas taylor made de gestão e comunicação. Por outras palavras: colocar de lado o controlo da mensagem em detrimento de uma conversa mais aberta com todos os stakeholders. Soa-vos familiar?

Palavras para quê? Vejam o discurso de Obama.



| ... e mais assim! | partilhar

Perfil
Pesquisa
 
Artigos recentes

Confiança – um longo cami...

Os projectos que derrotam...

Nutrition Awards: renovaç...

GPA Brasil: nova edição a...

Portugal, Brasil e as par...

Integração

Expansão lusófona

Economia Verde: o novo pr...

Cooperação brasileira

Dan Edelman (1920-2013)

Ligações
Arquivo

Janeiro 2015

Junho 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Categorias

todas as tags

Subscrever feeds