13 de Setembro de 2010
Por José Manuel Costa

A EDP tem uma equipa de cem pessoas que tem como única função… colocar questões. O objectivo é melhorar os serviços da empresa, acabar à nascença com os boatos e rumores que vão, posteriormente, parar à primeira página dos jornais regionais e, com isso, relacionar-se melhor com as populações locais.

 

Esta visão foi explicada e defendida por Sérgio Figueiredo, administrador-delegado da Fundação EDP, durante a principal conferência de hoje no Green Festival, e que teve como tema a “Inovação Social: O que estão a fazer as empresas para serem relevantes nas suas comunidades”.

 

Sérgio Figueiredo deu mesmo um exemplo – real, pressupõe-se. Imaginem que, numa qualquer localidade onde a EDP esteja a construir uma barragem, corre o boato que a velha igreja – que já não recebe cerimónias – vai ficar submersa.

 

Mais: apesar de já estar “desmantelada”, esta é uma igreja que recebe todos anos a visita de milhares de emigrantes, que se deslocam propositadamente a Portugal para a visitar.

 

Este é um típico caso que, quando relatado à EDP por um dos responsáveis por esta equipa de “perguntadores”, morre à nascença. “Tudo não passa de um boato que se resolve na missa de domingo, evitando assim desnecessárias manchetes e rumores”.

 

Sérgio Figueiredo defende, por isso, que os projectos de sustentabilidade têm que beneficiar as populações locais, ligá-las ao ambiente, fazer com que elas sintam directamente estes investimentos.

 

"Hoje não basta ter a lei ao lado... se as populações não forem envolvidas a obra não se faz", revela Sérgio Figueiredo. “A sociedade está mais intrusiva e a confiança é o regulador entre a credibilidade e a ética", disse ainda Sérgio Figueiredo.

 

Soa-vos familiar?


| ... e mais assim! | partilhar

1 comentário:
De Bruno Saraiva a 13 de Setembro de 2010 às 21:42
O Public Engagement é realmente uma nova e interessante forma de relacionamento entre organizações e os seus "targets".
Os resultados das acções de comunicação são positivos e existe finalmente um feedback essencial para encontrar soluções viáveis para ambas as partes.

Acho a iniciativa da EDP muito inteligente e espero ver em breve mais exemplos de empresas nacionais principalmente ao nível governamental.

Deixo também um vídeo sobre o tema:
http://www.youtube.com/watch?v=85e9IPeLFzU&feature=player_embedded

Boa semana


Comentar post

Perfil
Pesquisa
 
Artigos recentes

Confiança – um longo cami...

Os projectos que derrotam...

Nutrition Awards: renovaç...

GPA Brasil: nova edição a...

Portugal, Brasil e as par...

Integração

Expansão lusófona

Economia Verde: o novo pr...

Cooperação brasileira

Dan Edelman (1920-2013)

Ligações
Arquivo

Janeiro 2015

Junho 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Categorias

todas as tags

Subscrever feeds