19 de Janeiro de 2011
Por José Manuel Costa

* Texto publicado no Imagens de Marca

 

E assim, de pessimismo em pessimismo, chegámos a 2011.

 

Os portugueses tendem a ser exagerados. É assim quando, ao primeiro raio de Sol, proclamamos a próxima época de vacas gordas, e assim é quando, montado um cenário mais negro, anunciamos o fim do mundo.

 

Basta pegar num livro de História para perceber que raramente há meios termos. Ainda assim, não somos um povo muito propenso a mudanças.

 

O ano que agora começa não será fácil mas, por esse mesmo motivo, é o ano ideal para começarmos a mudar a nossa mentalidade.

 

Não estou a falar de passar a frequentar um ginásio ou deixar de fumar - essas são coisas banais - mas sim de objectivos bem mais difíceis de atingir, como deixar o carro em casa e viajar de transportes públicos. Consegue?

 

Ou fazer um esforço para ser mais produtivo no dia-a-dia. Um exemplo: ter uma reunião de trabalho que seja, verdadeiramente, uma reunião de trabalho.

 

Deixar de lado o futebol como primeiro e último dos nossos problemas, encarar as mudanças profissionais como escadas para outra etapa das nossas vidas.

 

Por vezes, o nosso pessimismo surge desta incapacidade em mudar, da dificuldade em sairmos da nossa zona de conforto, tornando-se um ciclo vicioso que nos impede de colocarmos em prática todas as nossas capacidades.

 

Todos temos uma frase feita que assenta que nem uma luva a fases de grande picos de trabalho: "não tenho tempo para nada". Basta trabalhar num projecto internacional para perceber que são poucos os que, como nós, justificam assim as suas incapacidades.

 

Talvez devêssemos começar por aí: em 2011, vamos ganhar tempo ao dia.

 

Espero que 2011 seja o ano 0 de uma nova etapa para Portugal: a era da mudança de mentalidades.


| ... e mais assim! | partilhar

Perfil
Pesquisa
 
Artigos recentes

Confiança – um longo cami...

Os projectos que derrotam...

Nutrition Awards: renovaç...

GPA Brasil: nova edição a...

Portugal, Brasil e as par...

Integração

Expansão lusófona

Economia Verde: o novo pr...

Cooperação brasileira

Dan Edelman (1920-2013)

Ligações
Arquivo

Janeiro 2015

Junho 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Categorias

todas as tags

Subscrever feeds