24 de Março de 2011
Por José Manuel Costa

* Artigo publicado no Imagens de Marca, aqui.

 

"Banho não é um SPA… três minutos já está", canta-nos uma campanha de responsabilidade social da Sonae Sierra.

 

O slogan desta campanha poderia ser também – e muito bem – utilizado pela Unilever, que descobriu que o seu maior impacto estava relacionado com a utilização de champôs e sabonete – por causa dos banhos dos consumidores, que duram entre 10 a 12 minutos.

 

Por isso, a multinacional não vai parar enquanto não conseguir mudar esta situação, e está mesmo já a trabalhar com fornecedores e consumidores para reduzir o impacto dos seus produtos no ambiente.

 

Esta curiosidade foi revelada há duas semanas durante a sessão pública de apresentação da quarta edição dos Green Project Awards, que decorreu na Culturgest.

 

No palco estava a vice-presidente global da Unilever para a sustentabilidade, Karen Hamilton, que apresentou o Sustainable Living Plan.

 

Confesso que me surpreendeu a ambição, abrangência e detalhe do plano, que pretende, entre outros, ajudar mil milhões de pessoas a melhorarem a sua saúde e bem-estar, reduzir em metade a pegada ecológica de todos os seus produtos e obter de forma sustentável 100% da matéria-prima derivada da agricultura.

 

Não que não estivesse à espera de algo parecido da Unilever, mas não me lembro de ter visto um plano tão ambicioso para reduzir o impacto no ambiente de uma multinacional.

 

Mais: como disse Karen Hamilton, não basta reduzir o impacto da Unilever no ambiente, mas sim mudar a vida a mais de mil milhões de pessoas.

 

O plano é tão vasto que aborda preocupações como a nutrição sustentável, a promoção do bem-estar ou a reciclagem. Karen Hamilton chegou a dizer que a Unilever não via “problema nenhum entre o consumo responsável e o crescimento do negócio” – pelo contrário, um é potenciador do outro.

 

O Sustainable Living Plan, diga-se, não substitui os projectos de sustentabilidade, em nome próprio, das centenas de marcas da Unilever – Lipton, Persil, Rexona, Skip ou Ben & Jerry’s são apenas algumas delas.

 

Um exemplo: ao mudar a embalagem do desodorizante Rexona, a multinacional anglo-holandesa conseguiu poupar 18% em plástico, o que corresponde à poupança de 15 milhões de euros por ano. Quem disse que o consumo responsável e o crescimento do negócio não poderiam ser cúmplices?

 

Da apresentação de Hamilton retive ainda duas ideias. A primeira é a constatação de que as fábricas portuguesas da multinacional estão no bom caminho em relação às práticas de sustentabilidade – foram mesmo elogiadas pela responsável.

 

A segunda – e aqui voltamos ao início – levou Hamilton a admitir que uma das grandes preocupações da Unilever estava relacionada com a redução do consumo de água – tanto nas fábricas como na própria casa dos seus consumidores.

 

Esta preocupação – e agora digo eu – deverá ter sido redireccionada da vice-presidência da área de sustentabilidade para o departamento de I&D. E estou certo que, em breve, teremos mais novidades sobre esta preocupação da multinacional.


| ... e mais assim! | partilhar

Perfil
Pesquisa
 
Artigos recentes

Confiança – um longo cami...

Os projectos que derrotam...

Nutrition Awards: renovaç...

GPA Brasil: nova edição a...

Portugal, Brasil e as par...

Integração

Expansão lusófona

Economia Verde: o novo pr...

Cooperação brasileira

Dan Edelman (1920-2013)

Ligações
Arquivo

Janeiro 2015

Junho 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Categorias

todas as tags

Subscrever feeds