18 de Outubro de 2011
Por José Manuel Costa

Na sexta-feira, o Continente apresentou o Movimento Hiper Saudável, uma iniciativa que promove a melhoria dos hábitos alimentares das famílias portuguesas e vai dar-lhes ferramentas – e motivá-las – para que elas tenham um estilo de vida mais activo.

 

Há muitos anos que o Continente promove acções para educar e ajudar os seus clientes na área da nutrição, mas o Movimento Hiper Saudável, que foi criado e desenvolvido pela GCI, vai ainda mais longe. Este é um verdadeiro projecto de Public Engagement, que aposta na mudança de mentalidades.

 

Na verdade, o movimento tem um leque fortíssimo de parceiros: Direcção-Geral da Saúde e Plataforma contra a Obesidade, a Associação Portuguesa dos Nutricionistas, a Escola Superior de Biotecnologia da Universidade Católica, a Faculdade de Motricidade Humana, o Instituto Superior de Ciência da Saúde Egas Moniz, a Sociedade Portuguesa para o Estudo da Saúde Escolar, a Universidade Atlântica e a Universidade Fernando Pessoa.

 

É com a ajuda deles que o Continente vai ajudar os portugueses a manter um estilo de vida saudável.

 

O Movimento Hiper Saudável é constituído por oito compromissos essenciais para uma melhor nutrição: tomar o pequeno-almoço todos os dias; comer cinco porções de fruta ou legumes por dia; não estar mais de 3h30 sem comer; ler sempre o rótulo dos produtos comprados; fazer exercício físico três vezes por semana, manter o organismo sempre hidratado; planear as refeições semanalmente e confeccionar alimentos com menos sal, gordura e açúcar. Cumprir estes oito compromissos é um começo – muito importante –, mas não chega. Os desafios da alimentação saudável precisam de ser trabalhados ao nível de mudança de mentalidades, caso contrário não passarão de uma moda.

 

É preciso perceber que a nossa alimentação está ligada aos desafios da saúde e bem-estar, mas também a temas como a sustentabilidade, economia, alterações climáticas. Como já referi aqui, este é um tema que terá de ser trabalhado entre o sector privado, Governo, autarquias e ONGs, e no qual a comunicação será fundamental, alertando para a mudança de mentalidades e criando pontes entre stakeholders. E é isso que o Continente está a fazer.

 

Há um mês tive a oportunidade de escrever aqui que esta era a década da alimentação saudável. Mantenho esta ideia – e reforço-a com os últimos desenvolvimentos nacionais e internacionais.

 

Com os Nutrition Awards, prémios organizados pela GCI e APN e que distinguem o que melhor se faz, em Portugal, no campo da nutrição sustentável, percebi que Portugal tem massa crítica para inovar nesta área. É preciso, para isso, trabalhar a nutrição sustentável de forma coerente, promovendo interesses mútuos num mundo de interdependências e criando pontes de relacionamento entre stakeholders e shareholderes. E é isso que a GCI está a fazer.


| ... e mais assim! | partilhar

2 comentários:
De Ana Sousa a 19 de Outubro de 2011 às 14:37
Olá José, boa tarde,

O meu nome é Ana e, tal como milhares de portugueses, ando à procura de emprego... Apesar de estar empregada e de a altura não ser a melhor, ando a tentar alargar horizontes na minha área de formação (Comunicação Social). Tenho contactado algumas agências de comunicação e, através do meu primo Rui Braga que trabalha na Iglo, cheguei ao seu nome. Aliás, peço desculpa por estar a contactá-lo desta forma mas não encontrei um endereço de email.

A minha experiência profissional baseia-se essencialmente em produção audiovisual mas gostava muito de enveredar por outros meios da Comunicação (por exemplo, web marketing/comunicação digital). Será que lhe posso enviar o meu CV?

Muito obrigada pela sua atenção.
Cumprimentos,
Ana


De José Manuel Costa a 25 de Outubro de 2011 às 12:23
Cara Ana,

Pode enviar o seu CV para jmcosta@gci.pt

Obrigado,

Cumprimentos,

José Manuel Costa


Comentar post

Perfil
Pesquisa
 
Artigos recentes

Confiança – um longo cami...

Os projectos que derrotam...

Nutrition Awards: renovaç...

GPA Brasil: nova edição a...

Portugal, Brasil e as par...

Integração

Expansão lusófona

Economia Verde: o novo pr...

Cooperação brasileira

Dan Edelman (1920-2013)

Ligações
Arquivo

Janeiro 2015

Junho 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Categorias

todas as tags

Subscrever feeds