19 de Janeiro de 2012
Por José Manuel Costa

Segundo um estudo da Universidade do Massachusetts, 62% das empresas que pertencem à Fortune 500 têm uma conta de Twitter actualizadas; 58% já tem uma página no Facebook e 23% publicaram, no último ano, um conteúdo no seu blog.

 

Estes números levaram o PR Daily a voltar a uma questão que já abordei, por diversas vezes, neste blog: quem deve liderar a presença das empresas nas redes sociais?

 

Na verdade, o título do artigo de Andrew Cross responde a esta pergunta. E dá quatro razões para sermos nós, o PR, a trabalharmos estes projectos. Aqui ficam os argumentos.

 

1. As equipas de PR estão melhor preparadas para responderem aos pedidos dos media.

 

Quando um jornalista chega a uma marca através das redes sociais, são os consultores de comunicação que melhor podem responder – de forma rápida – a estes pedidos. Por óbvias razões.

 

2. As PR entendem as mensagens de uma determinada organização.

 

As PR conhecem as mensagens de uma determinada marca e organização, o seu estilo de comunicar. Nas redes sociais, as marcas falam normalmente com uma voz muito particular, e as PR estão – claramente – melhor preparadas para garantir a uniformidade do discurso. Quer nas redes sociais como na relação entre as redes sociais e outros canais de comunicação.

 

3. A equipa de PR é especialista em gestão da reputação.

 

Se não nos faltam exemplos dos perigos que as redes sociais podem representar para as marcas, não é menos verdade que as PR estão, também aqui, melhor preparadas para responderem a estes desafios.

 

As PR podem servir de ponte para reencaminhar as perguntas dos clientes para outros departamentos – vendas ou serviço ao cliente -, e conhecem melhor as várias audiências de uma organização, os consumidores e clientes, os parceiros, media ou outros stakeholders. Simples.

 

4. A estratégia de PR é anterior à estratégia de social media.

 

Muito interessante, este último argumento do PR Daily. Na verdade, se a estratégia de PR “dita”, em parte, a própria estratégia de social media, porque razão deveremos colocar a gestão das redes sociais fora das PR?


| ... e mais assim! | partilhar

Perfil
Pesquisa
 
Artigos recentes

Confiança – um longo cami...

Os projectos que derrotam...

Nutrition Awards: renovaç...

GPA Brasil: nova edição a...

Portugal, Brasil e as par...

Integração

Expansão lusófona

Economia Verde: o novo pr...

Cooperação brasileira

Dan Edelman (1920-2013)

Ligações
Arquivo

Janeiro 2015

Junho 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Categorias

todas as tags

Subscrever feeds