28 de Fevereiro de 2012
Por José Manuel Costa

1. O centro de inovação português Inteli vai liderar o Re-Green, um projecto europeu dedicado à Economia Verde e que está hoje a ser apresentado no Museu do Fado, em Lisboa. Construção sustentável, criação de emprego e inclusão social serão alguns dos temas que, nos próximos três anos, serão estudados por este projecto, que conta com representantes de oito países europeus.

 

2. Na Holanda, o ateliê de design StudioStudio inventou um tipo de letra para disléxicos. A nova fonte reconhece que os disléxicos tendem a rodar as letras e a misturá-las e, para evitar que tal aconteça, concebeu vários truques para que as letras fiquem no seu lugar e sejam lidas mais facilmente.

 

3. Mais a Sul, em África, todos querem ter a Buffalo, uma bicicleta desenvolvida especificamente para a realidade africana e que ajuda a população de países como a Zâmbia, África do Sul, Zimbabué ou Quénia a deslocar-se mais facilmente. Paralelamente, a Buffalo cria empregos e traz mais investimento para o continente africano. A sua génese também é curiosa: a ONG World Bicycle Relief, que continua activa. Que grande projecto!

 

4. Na China, uma das obsessões continua a ser a poupança. Dois designers criaram um temporizador portátil para torneiras, um objecto que pode facilmente ser acoplado às torneiras e permite ao utilizador cortar o fluxo de água sempre que for preciso, poupando-a a desperdícios.

 

5. Nos Estados Unidos, rival chinês, dois engenheiros ex-colaboradores da Apple desenvolveram um termostato inteligente e que ajuda a poupar energia, podendo ser utilizado remotamente através da internet ou smartphones.

 

Este cinco projectos, pescados rapidamente no Green Savers, são a prova de que, com crise ou sem crise, a vida continua. Numa época de poucas certezas, há uma com a qual podemos contar: o futuro pedirá cada vez mais aos cidadãos, sociedade civil, emprsas e academia que trabalhem na transição para a Economia Verde.

 

Conhece algum projecto que se enquadre neste cenário? Então não hesite em concorrer ou passar a palavra: as inscrições para o Green Project Awards Portugal arrancam na próxima quinta-feira, 1 de Março, e há sete categorias e um prémio especial a concurso.

 

Boa sorte a todos.


| ... e mais assim! | partilhar

Perfil
Pesquisa
 
Artigos recentes

Confiança – um longo cami...

Os projectos que derrotam...

Nutrition Awards: renovaç...

GPA Brasil: nova edição a...

Portugal, Brasil e as par...

Integração

Expansão lusófona

Economia Verde: o novo pr...

Cooperação brasileira

Dan Edelman (1920-2013)

Ligações
Arquivo

Janeiro 2015

Junho 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Categorias

todas as tags

Subscrever feeds