Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

José Manuel Costa

José Manuel Costa

Marketing de causas: a próxima “diversidade” da Edelman

13.04.10, José Manuel Costa

No início do ano expliquei neste blog qual a importância da diversidade numa agência de PR e que, em 2010, este caminho seria consolidado pelas multinacionais líderes, como a Edelman. No início do mês, este “bom caminho trilhado” efectivou-se com a contratação de Carol Cone como Cause Marketing Leader.

 

Carol vai ficar com um cargo com uma denominação interessante – Carol Cone@Edelman. Ficará também responsável por todas as iniciativas da Edeman na área do marketing de causas, responsabilidade social e corporativa e cidadania.

 

"É uma altura muito entusiasmante” para o marketing de causas, explicou aos media Carol Cone, que transitou da Cone PR, agência que ela própria fundou e vendeu ao grupo Omnicom. A Edelman publica o estudo Good Purpose, ligado ao marketing social e de causas, mas é no Trust Barometer, cuja versão portuguesa apresentámos na semana passada, que me apoio para comentar a importância da contratação de Carol para a estrutura da Edelman.

  

Como disse Richard Edelman à Advertising Age, a falta de confiança dos consumidores nas empresas e instituições, como tem revelado o Trust Barometer nos últimos dois anos, permite às agências de PR desenvolver e conceber cada vez mais projectos de responsabilidade social e corporativa para os seus clientes. 

 

Algo que, no Grupo GCI, não só já temos sentido nos últimos dois anos como temos dedicado uma boa parte dos nossos projectos a desenvolver estratégias de responsabilidade social, corporativa e ambiental para os nossos parceiros.

 

“[A diminuição da confiança nos últimos dois anos] significa que os esforços de reputação de marca e corporativos estão mais alinhados, o que corresponde [aos serviços] das agências de PR, uma vez que nós falamos com múltiplos stakeholders e não apenas com os consumidores”, relevou Edelman. “Sabe bem estar no sítio certo à hora certa”, concluiu. 

 

Ainda em relação à diversidade…. nos últimos seis meses esta é a quarta contratação “high profile” da Edelman no sentido de promover esta mesma característica fundamental para as agências de PR: Barby Siegel entrou para trabalhar a área de consumo; David Armano reforçou a área digital e Richard Sambrook saiu da BBC e foi nomeado chief content officer.

 

Para uma multinacional que, como explicava em Janeiro o The Holmes Report, entrou em 2000 como especialista nas áreas de consumo e saúde e saiu dela com competências de corporate, public affairs e gestão de reputação, estas contratações significam que a diversidade continua a ser a estratégia. Saúde, planeamento e sustentabilidade são outras das áreas que não foram esquecidas pela Edelman.

 

Segundo a Advertising Age, Carol Cone, que terá, entre outras, a função de transportar o Good Purpose para o “next level”, foi seduzida pela possibilidade de trabalhar projectos globais dentro da rede Edelman.

 

“A responsabilidade social e corporativa era uma área de nicho quando comecei [a minha carreira] mas agora é o epicentro da estratégia da marca e da estratégia não-financeira. E a Edelman proporciona uma plataforma global muito alargada”, explicou à Adage.

 

Estou certo que dentro de pouco tempo teremos novidades sobre o trabalho que Carol que está já a desenvolver na Edelman. Ficarei atento.