Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

José Manuel Costa

José Manuel Costa

O Meu Bem Estar, o novo agregador da GCI

02.12.10, José Manuel Costa

Há uma semana, aproveitei a sessão de apresentação dos Nutrition Awards para lançar – oficiosamente – o novo projecto da GCI, um agregador de conteúdos chamado O Meu Bem Estar. Agora faço-o por via oficial.

 

Depois do Green Savers, dedicado ao desenvolvimento sustentável, mobilidade e inclusão social, este novo agregador da GCI vai cobrir as áreas da saúde, nutrição e do bem-estar.

 

O objectivo de O Meu Bem Estar? Partilhar informações. Envolver stakeholders. Promover a transparência. E ajudar a mudar comportamentos, algo que só será possível se houver o envolvimento de todas as indústrias relacionadas com o bem-estar. Que são várias.

 

Este novo projecto, como o Green Savers, insere-se na nossa estratégia de reforço da aposta na área dos conteúdos e numa visão global de Public Engagement.

 

O bem-estar mexe com tudo. Com a saúde, com a nutrição. Com a alimentação. Com a indústria financeira, a sustentabilidade, com a vida nas cidades, o desenvolvimento pessoal. A política. O entretenimento.

 

Um exemplo: no final de Setembro, a Nestlé anunciou a criação de uma unidade de negócio, de health science, para ser “pioneira na criação de uma nova indústria que una a da alimentação e as farmacêuticas.”

 

Esta nova unidade de negócio vai arrancar em Janeiro e estará integrada noutra já existente, a da nutrição. O objectivo? Desenvolver produtos que combatam os diabetes, as doenças cardíacas ou Alzheimer.

 

O que está a levar a Nestlé para esta nova área? Um dos nossos maiores bens e que, até há pouco tempo, era tão desprezado pela sociedade: o bem-estar. E o desenvolvimento de novos produtos que possam promovê-lo.

 

Tudo o que acontecer de relevante e que pode, de alguma forma, influenciar o dia-a-dia dos cidadãos, da sua família ou amigos, estará n’O Meu Bem Estar.

 

“Aqui poderá aprender mais sobre a sua própria felicidade ou sobre os seus equilíbrios e desequilíbrios. Uma coisa é certa: o que lhe vamos contar vai fazê-lo(a) pensar e eventualmente tomar decisões que contribuem para melhor saber viver nesta nova Era de incerteza invulgar”, lê-se no texto de abertura do agregador.

 

Queremos cada vez mais envolver stakeholders, criando compromissos e cumplicidade entre organizações, empresas e consumidores.

 

Conheçam O Meu Bem Estar. E também no Facebook. E sugiram temas e ideias.