Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

José Manuel Costa

José Manuel Costa

A liderança

06.06.11, José Manuel Costa

No início de 2010, expliquei aqui que a GCI iria continua a trilhar os caminhos da liderança e diversidade, reforçando o investimento em inovação e continuando a fazer evoluir as PR para o seu novo paradigma: chegar ao palco principal, participar nos processos de liderança corporativa e estar na génese – mas também no desenvolvimento – da estratégia, possibilitando ao marketing e comunicação um impacto real na estratégia de liderança.

 

Um ano e meio depois, não poderia estar mais satisfeito por termos seguido este caminho. A GCI está hoje na liderança - ou melhor, continua - e reforçou o seu papel no mercado.

 

Apresentámos – e ainda apresentamos –, em Portugal, o conceito de Public Engagement, uma estratégia que, acreditamos, é o futuro das PR. Reforçámos a nossa oferta em áreas como a saúde, consumo, sustentabilidade, CSR, social media e digital, corporate, intelligence, research. E, não menos importante: temos contado com a vontade e empenho dos nossos clientes para desenvolver os primeiros projectos e estratégias de Public Engagement no mercado português.

 

Os últimos dias mostraram-nos, através da Exame e Diário Económico, a realidade do sector. Como tive oportunidade de referir, trata-se de um sector extremamente competitivo, exigente e onde é necessário estar permanentemente a fazer evoluir estratégias e metodologias de trabalho. Por vezes, porém, tem falta de criatividade, curiosidade, competência e inovação.

 

Pude também ver – e reforçar – que a GCI tem um traço bem distinto no mercado. Apostamos na inovação em Public Relations, de que é exemplo o Public Engagement.

 

A GCI acredita que a promoção de interesses mútuos num mundo de interdependências e a criação de pontes de relacionamento entre stakeholders e shareholders, vulgo, Public Engagement, irá marcar a actual década da comunicação. Sei que o sector das PR está hoje melhor preparado para um futuro que coloca a confiança e credibilidade no centro da organização e inovação, e aí a margem para crescer – porque todos queremos crescer – é enorme.

 

É esse o nosso grande desafio: desenvolver estratégias de Public Engagement para todos os nossos actuais e futuros clientes, estabelecendo um conjunto de acções e comportamentos para as empresas se relacionarem com uma rede alargada de consumidores e organizações, comunidades e Governos, e criando pontes entre o sector público e privado, sociedade civil e a comunidade.

 

Outro dos nossos grandes objectivos tem como pano de fundo a língua portuguesa. Já estamos a construir pontes entre o chamado triângulo Portugal, Angola e Brasil, contando para tal com a Uanda, o nosso braço angolano, e a rede Edelman, a principal consultora independente de Public Relations no mundo.

 

Para além dos projectos que estamos a trabalhar em Angola, destaco o lançamento do nosso grande projecto de sustentabilidade – os Green Project Awards – no Brasil, no segundo semestre do ano.

 

Projectos como o EBAEpis – cuja segunda edição apresentamos amanhã – os Nutrition Awards, mas também o investimento que temos feito em estudos como o Edelman Trust Barometer, Good Purpose ou nos agregadores Green Savers e O Meu Bem Estar são exemplos da matriz multistakeholder com que encaramos o futuro das PR. E, sem dúvidas houvesse, a certeza que vamos continuar a colocar a inovação em Public Relations no centro de toda a estratégia da GCI.