Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

José Manuel Costa

José Manuel Costa

Green Savers na rede SAPO

12.06.12, José Manuel Costa

Quando a GCI lançou o Green Savers, o objectivo era claro: criar uma comunidade de leitores e activistas interessados nos temas da sustentabilidade e desenvolvimento sustentável. Sendo a GCI percepcionada e vista como especialista em sustentabilidade, uma das nossas grandes preocupações passou sempre por pegar no conhecimento que existia – e existe – dentro da nossa casa e partilhá-lo a um público alargado.

 

O agregador foi evoluindo, de forma consolidada, até Dezembro de 2011. Depois, tudo mudou. O reforço do investimento na plataforma, lançamento de novas secções e diversificação dos conteúdos ligados ao desenvolvimento sustentável levou o portal para números que nunca pensámos atingir tão cedo. 

 

Mais de 1,5 milhões de páginas vistas e um milhão de visitantes depois, o Green Savers entra agora no universo SAPO. O objectivo inicial, porém, mantém-se: partilhar todo o nosso know how de sustentabilidade com os leitores.

 

Se o Green Savers fazia sentido, para a GCI, em 2010, a sua pertinência sai reforçada numa altura em que a sociedade está a mudar e os portugueses caminham para novos hábitos de consumo e participação cívica. Aqui, o empreendedorismo torna-se uma necessidade e a Economia Verde está cada vez mais nas agendas de Governos e empresas.

 

Se adicionarmos a esta equação a partilha de projectos de língua portuguesa, especificamente vocacionados para as realidades portuguesa, brasileira, angolana ou moçambicana, estamos perante um verdadeiro projecto de Public Engagement. Aquilo que, na verdade, defendemos há largo tempo.